Friday, October 20, 2006

Post mulherzinha

Não é que eu não goste de me arrumar, eu tenho é preguiça. Se eu pudesse, seria uma daquelas mulheres que acordam uma hora e meia antes de sair pela manhã, fazem escova no cabelo, maquiagem completa, escolhem roupas lindas e combinativas, e saem envoltas em uma bela camada de hidratante pelo corpo todo. Mas eu não sou assim. Eu prefiro dormir. Acordo meia hora antes de sair, tomo um banho rápido, pego uma roupa qualquer (quase sempre básica e sem graça), a mesma bolsa que repito a semana inteira, passo um batom, um bom perfume e tchau.

Sair bem vestida só nos fins de semana e mesmo assim quando o programa requer uma certa produção. Caso contrário, eu vou estar com onipresentes jeans, uma camiseta e sandalhinhas rasteiras, talvez de vestido ou saia, se eu estiver inspirada. Sou evitativa de sapatos altos. Cremes, uso com a constância das estações do ano brasileiras. Maquiagem completa só para eventos importantíssimos (eu sou uma velhaca e nem sei passar delineador de forma decente, veja você, e sair por aí com os olhos borrados como fazem umas e outras...). Mas tenho meus mimos: minhas unhas estão sempre feitas. É para compensar o cabelo, que está sempre em estado lamentável.

5 comments:

Ana Paula said...

o que eu prezo (além de dormir) é estar limpinha. o resto fica como der e azar do goleiro. jeans, camiseta e tênis ou bota, sempre baixos e utilitários, esse é meu uniforme. primeiro, porque a vida já é estressante demais pra eu passar horas preciosas do meu dia me embonecando (ai, isso levaria mesmo hooooooooras). segundo, porque eu uso a lógica seguinte: se eu vou passar meus dias ocupada em me arrumar, é porque não tem mais nada que eu faça no mundo, porque cozinhar, fazer sexo, passar o dia todo trabalhando sem parar, passar um final de semana inteiro lendo e escrevendo artigos, pegar ônibus e trem, todas essas coisas requerem praticidade. uma mulher maravilhosa e cheia de chapinhas, maquiagem e roupas incríveis é legal em sonho. no momento que ela estiver na rua e começar a chover e a) ela gritar histericamente porque a chapinha tá se desmanchando e b) ela ficar com aquele cabelo HORRÍVI de chapinha desmanchada, FOI-SE MULHER MARAVILHOSA.

tenho paciência não. e odeio correr de saia.

Lys said...

É a Penkala você, Ana Paula? Just wondering. Seu perfil está indisponível para mim.

Correr de saia? E quem disse que eu corro? Hehehe!

A paciência, né? Tampouco a tenho eu. Mas eu queria um pouco. Estar sempre bonita, mesmo que de forma simples. Estou contigo na questão da limpeza também. Já disseram que eu pareço estar sempre recém-saída do banho. Discordo totalmente, mas não deixa de ser um ótimo elogio. :)

Ana Paula said...

sim, soy jo mesmo, a ana paula. penka, pros íntimos.

ai, também queria estar sempre bonita, mas eu sou daquelas que sonha em emagrecer dormindo e ser bonita sem nem passar um rímel.

sonhar não é crime...

carla said...

Hahahahaha! To com a Ana Paula...emagrecer dormindo e meu sonho tambem. Aqui na terra do faca voce mesmo ou pague uma fortuna, eu tento parecer arrumadinha. Faco as unhas de vez em quando, a sombrancelha sempre e lavo os cabelos todo dia pra nao ter chance de virar bruxa. Mas, deixe confessar, ja descobri que nao sou so eu que fica semanas sem fazer as pernas no inverno. So me dou ao luxo de fazer escova no cabelo de vez em quando, pra ficar com cara de gente. E ainda tenho amigas que dizem que estou sempre com algo mais que elas. Ah, coitadas... nao sabem de nada!

Lys said...

Sem fazer as pernas no inverno? Eu quase. Só que o inverno aqui é doido, então de vez em quando eu tenho que pegar o aparelho e raspar as pernas, pois ninguém merece uma mulher macaca mostrando os pêlos por aí. Acho horrível.

Eu estou cada vez mais adepta do faça você mesmo. Muito mais por uma questão de higiene, sempre que posso, faço as unhas em casa. Desconfio dos "métodos de esterilização" dos salões de beleza. Mas fazer escova em casa não rola. Não sei, e meu cabelo não ajuda. Então quando eu quero "arrasar o quarteirão" (hahaha, como se eu estivesse com essa bola toda!), vou ao cabeleireiro escovar.