Friday, March 30, 2007

A experiência oriental

Lembram-se de que eu ia consultar o japonês consertador de coluna? Pois fui. Tinha imaginado um velhinho, mas é um homem de seus quarenta anos, corte de cabelo moderninho e boas roupas. E não é médico, é shiatsuterapeuta.

A consulta durou quase uma hora. Ele fez uma anamnese longuíssima, depois me fez ficar de pé enquanto observava meu corpo, como se me medisse. Numa terceira etapa, deitei numa cama e ele começou o shiatsu.

Ao fim disso tudo, fez o mimoso desenho de minha figura de costas, que lhes apresento ali ao lado. Vejam que o quadro não é muito animador. A pessoa está toda torta e, nessas partes rabiscadas com um leve zig-zag, há o que ele chamou de um “enrijecimento anormal dos músculos”.

Não obstante tudo o que está fora de esquadro no meu corpo, o gajo acha isso não é a causa os meus torcicolos e das outras dores e dormências. Disse que eu tenho um “cansaço crônico” e que, antes de ele mexer mais nos meus músculos, eu deveria parar de comer açúcar branco, pão branco, frutas cítricas e, fora de casa, qualquer coisa crua. Pintou um quadro assustador de bactérias que ficam à espreita loucas para mergulhar em nossos organismozinhos indefesos.

Conclusão: estou comendo pior (porque tudo o que eu mais gosto na vida são as frutas e verduras cruas) e o meu pescoço continua doendo – menos, é óbvio, já que o tempo passa e, com isso, a dor vai diminuindo naturalmente. E não é comida que vai me fazer melhorar, tenho certeza. Esse japa é zen demais para mim.

2 comments:

Wagner said...

Mas afinal, o japa disse a causa da criatura ser toda fora de esquadro? Não vai me dizer que é a alimentação (errada ou inadequada) o motivo de seu corpo torto? Aliás, seus males têm cura?
Espero que sim, e que seu "cansaço crônico" te dê um descanso.

Lys said...

Wagner, ele não disse o porquê. Só disse que isso não era a causa das minhas dores no pescoço - fato do qual duvido um pouco. Eu já sabia que era torta, embora não dê para ninguém além de mim perceber (a não ser que você seja treinado nas artes da ortopedia e afins).

Eu acho que é tudo uma questão de má postura. Eu sou péssima. Sento errado, durmo errado, dirijo errado. Além do mais, sou tensa, muito tensa e não demonstro; fica tudo no corpo.

Disse o japa que os meus males do pescoço têm cura. A ver.