Friday, February 23, 2007

SOS BOLO

Você, amiga leitora, dotada de um jeitinho todo especial com potes e panelas, me responda: como é que eu faço um bolo que não sole? Há alguma ciência do bolo perfeito? Ou é aquela mítica “mão boa para bolos” ?
Noventa por cento dos meus bolos resultam em uma massa pesada e sem graça. Os outros dez por cento dão certo por puro acaso, tenho certeza. Eu, que faço menos de um bolo por ano, estou para desistir de vez.

6 comments:

fezoca said...

se voce descobrir o segredo, me conta! ;-)
beijao,

Suzana said...

Eu tinha o mesmo problema - até que arranjei uma receita que JAMAIS sola. Nunca, em tempo algum. O gás já acabou no meio, o forno esquentou-esfriou-esquentou, já tirei e virei quente - só faltou sapatear no dito. E ele NUNCA solou.
Bjs

Carla said...

Afff! eu fazia uns bolos deliciosos quando era solteira. Depois parei de fazer por muito tempo e esqueci. Nem tento mais.

Wagner said...

Mas isso acontence mesmo com aqueles "bolos de caixinha", em que basta acrescentar leite e mexer?

Léli said...

Oi!! Bem eu fiz economia doméstica então sou apta a algumas intervenções culinárias que acabam com sucesso, reformas e ecustomização de roupas e etc. Devo dizer que as intervenções culinárias sempre rendem vários quilos.
Bem minha dica é, ovos nunca menos de três, manteiga ou margarina, precisa, duas colheres de sopa são suficientes, a menos que a receita mande mais, fermento em pó químico, o famoso royal duas colheres de sopa. Quando tu bate o bolo a massa deve ser leve e meio mole, se tiver pesada o bolo vai ficar pesado. Para deixa o bolo mais leve coloque leite.
Bem, minha mãe sempre disse que:
_ depois do royal não se bate a massa.
_ não se deve bater com a forma para acomodar a massa,
_ não se deve abrir o forno antes do bolo "cheirar" porque ele baixa,
_ Não se coloca muito açúcar.
Lys não sei se a intenção era realmente obter as dicas, ms eu acho que bolo é uma coisa fundamental e que lava a alma em um dia triste ou nublado, por isso não desista. Se quiser te mando uma receitas fáceis por email, é só avisar.
Beijão

Lys said...

Fer, você era a minha esperança! :(

Suzana, mas que conversa fiada é esta? Eu li o post em que você fez uma torta de banana com suspiro em cima e um bolo de chocolate numa noite só, e como quem espana o pó de um móvel. Morri de inveja.

Você precisa me mandar essa receita mágica do bolo que não desanda nunca.

Carla, eu NUNCA fui boa de bolos. NUNCA. Sou um fiasco total. Quando um dá certo, eu fico até espantada!

WAgner, de caixinha não desanda, né? Mas que graça tem fazer o de caixinha? Eu quero o poder de fazer um bolo meu!

Léli, a intenção era receber dicas, sim. Muito obrigada. Valiosa essa de não bater a massa depois do fermento (eu coloco por último, mas ainda dou uma boa batidinha). O açúcar eu só boto o que manda a receita. Vou prestar atenção se bato na forma para ajeitar a massa. O resto eu faço como você mandou. Se continuar sem dar certo, é porque não tenho talento para a arte do forno, e aí desisto.