Tuesday, February 12, 2008

Sorte no jogo

Correndinho, me esgueirando para escrever este post de casa, eu preciso dizer que eu devia acordar todos os dias com um grande sorriso, mesmo às seis e meia da manhã, e agradecer pela minha vida ser tão fácil e tudo dar tão certo (a parte prática, é claro, não mencionemos minha vida amorosa inexistente).


Eu faço dramas, imagino que nunca vou conseguir um estágio, e consigo dois.

Eu achei que a empresa - leia-se Mr. President - ia colocar mil empecilhos para me liberar algumas (muitas) horas para eu ir para a clínica da universidade antes do fim do expediente. O que aconteceu? Ele não só me liberou, mas se mostrou genuinamente contente em saber que estou prestes a me formar e que poderia ajudar.


Acho que amanhã vou jogar na loteria.

6 comments:

rosangela said...

O melhor de jogar na loteria é quando se sabe que já ganhou. Tim tim, às boas novidades!

Daniele said...

Lys, não justifica, mas eu tive um dia de merda, a minha vida tá uma merda e você não tem nada com isso.

Parabéns pelos 2 estágios, que tudo dê certo. E vai dá porque você tá colhendo o que você plantou. Boa sorte e tudo de bom.

Lys said...

Rosangela, acredita que eu não joguei? ;)

Daniele, eu já tive uma fase seriamente negra na minha vida também (quem lia meu antigo blog sabe), mas passou e eu prefiro não dar muita atenção ao passado. Acho que me ajudou muito a amadurecer e ver que o mundo não era tão cor de rosa quanto eu acreditava. No fim, são as sucessões de pequenas coisas boas que contam para mim. E, sim, pode ser uma crença idiota, mas ainda acredito que tenho sorte e sou mais feliz do que a média, mesmo sem ter tudo - de material ou não - que gostaria.

Daniele said...

Que bom que você não ficou chateada, porque depois eu fiquei com a maior vergonha do que eu escrevi.

Já tô bem melhor. Obrigada por tudo.

Suzana Elvas said...

Pelo jeito, você ganhou na loteria e esqueceu os amigos, né?
;o)

Daniele said...

Alguém em casa? Mesmo não, por favor, responda.